Gato Bengal – Conheça a raça de gatos Bengal, o famoso Gato-de-Bengala.

Gato Bengal Conheça a raça de gatos Bengal, o famoso Gato-de-Bengala Foto 0001
Gato Bengal

Após ter publicado aqui no site Gatos Miau dois artigos muito interessantes falando sobre a raça de gato Siamês e a raça de gato Persa, resolvi continuar minha empreitada e falar hoje nesta publicação sobre a raça de gatos Bengal, o famoso Gato-de-Bengala. O gato Bengal é aquele que parece tigre.

Se por qualquer motivo você perdeu as duas publicações anteriores, eu recomendo você fortemente lê-las, pois elas com certeza irão aumentar ainda mais sua base de conhecimento sobre essas duas raças de gatos muito amadas e famosas no mundo todo. Agora é a vez do gato Bengal que chama a atenção por onde passa devido à sua beleza e natureza de origem selvagem.

Esta publicação continua meu projeto da seção Raça de Felinos aqui no site, cuja única intenção é lançar artigos e matérias especiais sobre as mais variadas raças de gatos doméstico para ajudar pessoas que estão interessadas em adotar um gato. A ideia é mostrar de antemão as características principais de cada raça, tanto físicas quanto comportamentais, além dos cuidados especiais que cada uma demanda.

Algo que todo e qualquer interessado em adotar um gato precisa ter em mente é que independentemente da raça, uma reserva de dinheiro para consultas periódicas ao veterinário é de extrema importância. Ter um gato é o mesmo que ter gasto e dessa despesa extra não tem como fugir. A raça de gatos Bengal que o diga!

Vamos ao artigo.

Gato Bengal, o famoso Gato-de-Bengala e sua origem

A raça de gatos Bengal, o famoso Gato-de-Bengala, ou ainda como também é conhecido o Gato Tigre, devido a sua cor muito similar à de um tigre, é uma raça de gatos de origem norte americana – EUA. Ele é muito procurado por pessoas que apreciam natureza exótica e curiosa.

O gato Bengal é um gato doméstico de médio a grande porte, muito conhecido por suas cores que contrastam com pontos escuros. Esta é a única raça de gatos que se assemelha a leopardos, onças e jaguatiricas.

Os gatos da raça Bengal, gato-de-bengala, são conhecidos por serem muito companheiros e fiéis aos seus donos. Eles se dão muito bem com outros animais de estimação, desde que sejam introduzidos no convívio do animal da maneira correta.

O gato Bengal é um gato muito ativo devido às suas raízes selvagens. Ele gosta de gastar energia brincando com seus donos, correndo, pulando sobre objetos e aprendem a fazer truques felinos muito rapidamente. Isso faz com que quem deseja adotar um desse gato para levar para casa, precisa ter um amplo espaço para o animal.

Por isso nada de procurar um gato Bengal se você mora em um apartamento pequeno e fechado. Para esse ambiente existe outros gatos de estimação, de outras raças, que são perfeitas para este físico. Pensar no bem-estar do gato nessa hora é de extrema importância.

Alguns gatos da raça Bengal são muito falantes, miam e uivam em demasia, enquanto outros são muito quietos. Isso vai depender muito da personalidade de cada gato-de-bengala e não propriamente dito da raça.

A grande maioria deles não tem problemas com água, como a maioria dos gastos domésticos costumam ter. É muito comum ficarem observando você escovar os dentes e outros, muitas vezes, até debaixo do chuveiro gostam de entrar. Dar banho em gato Bengal é muito fácil devido a isso, apesar de não ser uma regra 100%.

Muitas pessoas que procuram por este gato para adotar são fisgadas por sua aparência selvagem, que de perto é incrível. É como ter um leopardo dentro de casa. As marcas que ele traz nos pelos contrastam e são manchas registradas de todos eles.

Os pelos de alguns gatos Bengal são muito diferentes dos pelos de qualquer outro gato doméstico. A mistura exótica entre um gato selvagem e o doméstico resultou em um gato com pelos de pelúcia incrivelmente macios. Isso em alguns, pois em outros raros a textura do pelo é densa e se assemelha a um tapete.

Interessante notar que o gato Bengal é musculoso e até mesmo as fêmeas da espécie apresentam musculatura mais firme.

A raça Bengal é considerada nova por ter sido criada no século XX, mais precisamente no ano de 1963, década de 60. Ela se originou do cruzamento ocorrido entre o gato doméstico (urbano), muito conhecido de todos nós por serem os nossos bichinhos de estimação, com o gato-leopardo asiático, cujo nome científico é Prionailurus bengalensis. Se você não conhece o gato-leopardo asiático, segue uma foto para você conhecer:

Gato Bengal Conheça a raça de gatos Bengal, o famoso Gato-de-Bengala Foto 0002
Gato-Leopardo Asiático

O Gato-Leopardo Asiático, ancestral pai do Gato Bengal

Este gato, que é conhecido como leopardo-asiático, é de porte pequeno e diferentemente do gato doméstico, ele é selvagem. Ele é proveniente do Sudeste Asiático e Subcontinente Indiano, no Golfo de Bengala.

O nome gato-leopardo, como já é de se supor, é por causa das cores e manchas nos pelos que são muito semelhantes com às do leopardo.

Existe onze subespécies deste gato e todas elas possuem essas manchas. É interessante notar que apesar do nome e da cor, este gato selvagem não possui parentesco próximo com o leopardo, pois o leopardo pertence ao gênero Panthera.

É importante salientar também que apesar o gato-leopardo asiático ser um gato selvagem, ele pode ser domesticado. Para isso é necessário possuir uma licença que é requerida em quase todos os países do mundo.

Como o gato-leopardo possui o mesmo número de cromossomos que o gato doméstico (urbano), o cruzamento (acasalamento) foi possível e o resultado é a raça de gatos Bengal.

A criação de gatos dessa raça vem sendo realizada desde o ano de 1963, nos Estados Unidos. É claro e óbvio que este cruzamento não ocorreria na natureza, por isso a intervenção humana foi necessária para realizar tal ato. Após o sucesso da primeira cruza, a raça se espalhou pelo mundo a partir de lá.

Segundo informações apuradas, o início de tudo aconteceu por causa de Jean Mill, a mulher que conseguiu a posse de um gato-leopardo fêmea e o colocou para conviver com seu gato de estimação. Nisso houve o acasalamento, que segundo informações não foi planejada, mas que resultou em um gatinho leopardo muito afetuoso.

Jean Mill, a protetora e criadora da raça de gatos Bengal

Jean Mill a protetora e criadora da raça de gatos Bengal Foto 0001
Jean Mill

Para quem não conhece, Jean Mill nasceu no dia 14 de maio de 1926 e morreu no dia 6 de junho de 2018, aos 92 anos de idade. Ela foi uma criadora de gatos que durante grande parte de sua vida atuou e trabalhou pesado para proteger a raça do gato-leopardo asiático, o selvagem.

Por ser ela a responsável pelo cruzamento entre o gato selvagem e o gato doméstico, ela é considerada a fundadora moderna da raça de gatos Bengal, o gato-de-bengala.

Um detalhe interessante é que apesar da primeira cruza não ter sido intencional, após o primeiro cruzamento de sucesso, ela cruzou a prole por cinco gerações até chegar no Bengal doméstico que encantou corações.

Além disso ela contribuiu enormemente para o surgimento de outras duas raças de gatos, o Himalaia e o Mau Egípcio, que são raças que gatos que irei falar aqui no site em publicações futuras.

Gato Bengal – Como tudo começou

Segundo informações do site Painted Cats, Jean Mill estava muito preocupada com a caça furtiva dos gatos-leopardos asiáticos que tinha como único interesse suprir o comércio de peles local.

Mill revelou várias vezes que o seu desejo de salvar a espécie dos gatos-leopardos asiáticos à levou a criação da raça do gato-de-bengala, o gato Bengal.

Após o primeiro cruzamento não intencional, mas que resultou em grande sucesso da cria, ela começou a cruzar os gatos asiáticos com os gatos domésticos. A ideia e pensamento que vieram na mente dela foi: se as pessoas pudessem comprar um gato doméstico que tinha a aparência de um leopardo selvagem, as mães dos animais não seriam mais caçadas com o interesse da venda da pele e os filhotes não seriam vendidos como animais de estimação. Ou seja, o mercado de caça desta espécie iria parar.

Seu plano até que funcionou em certa medida, tanto que hoje é possível ter um gato doméstico com a aparência de um leopardo, sem ter de necessariamente comprar um gato-leopardo asiático de forma clandestina.

É importante notar que Jean Mill, apesar de ser considerada a criadora da raça de gatos Bengal, atuou na mesma época em que outros criadores também estavam envolvidos no desenvolvimento do animal. Exemplo deles são Pat Warren, William Engle e Willard Centerwall, mas foi Jean Mill, que após a geração F4, obteve sucesso e promoveu a nova raça de gatos incansavelmente pelo mundo.

Físico do gato Bengal e suas características

O gato-de-bengala, ou gato Bengal, é um gato de tamanho médio a grande. Ele possui uma estrutura óssea forte e os machos podem pesar de 5,5kg a 9kg. As fêmeas dessa raça chegam até uns 3,5kg.

Os pelos do gato são curtos e finos. A textura, porém, é espessa e suave. As cores lembram muito a de um leopardo e esta é uma característica muito forte que ele herdou do leopardo asiático selvagem, seu pai.

A cabeça deste gato em comparação a outras raças é grande e arredondada. Segundo o site Wikipedia, se o olharmos de perfil é possível ver que em sua cabeça há uma curvatura especial que vai da fonte ao nariz.

As orelhas do gato Bengal são curtas e largas na base.

Os olhos, por sua vez, são grandes e ovais. A cor deles geralmente é verde.

Seu rabo (calda) possui comprimento médio e se afina ao chegar próximo da ponta.

Saúde da raça de gatos Bengal

A saúde dos gatos dessa raça demanda cuidados assim como a saúde da maioria dos gatos. Quem dera se por sua origem selvagem ele fosse muito mais resistente que o normal a doenças ou problemas cronológicos, mas não é este o caso. Infelizmente existe algumas doenças específicas desta raça de gatos em especial que podem resultar em algumas idas e vindas ao veterinário.

Dito isso, as doenças mais frequentes que podem dar neste animal são a luxação da patela, que costuma acontecer devido a uma malformação de origem hereditária ou por meio de traumas, e a hipoplasia cerebral, que nada mais é do que uma anormalidade congênita que afeta o cérebro.

Esses problemas ao serem identificados demandam tratamento imediato para evitar o agravamento ou a morte do animal. Por isso, se você planeja ter um gato Bengal é bom ter em mente que check ups veterinário regular são indispensáveis.

Reprodução do Gato Bengal

A reprodução do gato Bengal é realizada, geralmente, por criadores responsáveis e especializados na raça. Isso acontece porque este gato em especial é resultado do cruzamento de um gato selvagem com o gato doméstico. Muitos criadouros ou clientes, querem que o gato que irão comercializar ou adotar seja resultado do cruzamento direto entre o gato selvagem e o doméstico, e não resultado do cruzamento entre gato Bengal e gato Bengal urbano.

Nesses criadouros os funcionários responsáveis aprendem da forma correta quais genes recessivos seus gatos reprodutores carregam. O que preocupa é algumas doenças como a cardiomiopatia hipertrófica (HCM), atrofia progressiva da retina e a deficiência de piruvato-quinase.

Os criadores para reprodução precisam estar atentos a esses testes para poder garantir que os gatos resultantes do cruzamento sejam gatos sem problemas graves de saúde. Isso faz com que a reprodução, venda e comercialização do gato Bengal seja monitorada de perto pelas autoridades e associações protetoras dos animais.

Gatos Bengal e a família

Gato Bengal Conheça a raça de gatos Bengal, o famoso Gato-de-Bengala Foto 0003
Gato Bengal

Se você tem planos de adotar um gato Bengal para casa é bom saber de antemão que a raça é conhecida por sua hiperatividade. Além disso eles são muito curiosos, assim como todos os outros gatos.

Algumas pessoas acreditam que o gato Bengal é um gato selvagem que simplesmente finge ou disfarça ser um gato doméstico, coisa que não faz sentido, pois sua genética é outra em comparação ao gato-leopardo asiático selvagem.

Esta raça de gatos é bem dócil e amável, se dando muito bem com crianças que gostam de atividade ou que são hiperativas. Isso acontece porque o gato Bengal, devido ao seu porte médio grande musculoso e estrutura óssea incrivelmente leve, é muito atlético e precisa se exercitar bastante. Ele necessita de espaço para correr, saltar e utilizar seu corpo físico. Isso é natural. É um gato que gosta de subir e pular nas coisas. Isso faz com que uma das exigências para se ter este gato seja um bom espaço para que ele possa executar todas essas funções.

O apego que o gato Bengal tem com seus donos chama muito a atenção. Gatos dessa raça praticamente desejam ser sempre o centro das atenções quando membros da família estão perto. Isso o torna um amigo fiel para todas as horas.

Conclusão

Agora que você já aprendeu bastante sobre o gato Bengal, o famoso Gato-de-Bengala, o Gato Tigre, você já tem uma base para saber se ele é o gato certo para sua família ou não.

Ao procurar um gato Bengal para adotar, não esqueça de procurar um criador de gato Bengal especializado na raça. Apesar de ser um gato doméstico, esta espécie precisa de cuidados especiais na reprodução e por isso é comum criadouros especializados.

É normal ao chegar em um lugar desses ocorrer uma entrevista, onde o criador irá passar todas as informações necessárias e válidas sobre esta espécie de animal. De praxe também fazem uma triagem para ver se sua personalidade é adequada para este gato.

Corriqueiro os criadores especializados em gato Bengal permitir a adoção apenas entre 12 e 16 semanas de idade. Isso acontece, pois, apesar do gato Bengal ser um gato doméstico, ele demanda de cuidados especiais na reprodução e criação devido à sua origem selvagem, coisa que não acontecem nos gatos domésticos comuns.

Tirando isso, o gato Bengal é uma ótima escolha para quem tem dinheiro, espaço e muita disposição para ter um gato de origem selvagem em casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui